Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Good Morning Britain/ITV handout via Reuters | Ian Vogler/Pool via Reuters
Good Morning Britain/ITV handout via Reuters | Ian Vogler/Pool via Reuters

Pai de Meghan acusa filha de ‘depreciar’ família real britânica

Thomas Markle condena decisão dos duques de Sussex de abandonar as funções reais por dinheiro

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2020 | 19h14

O pai de Meghan Markle, Thomas Markle, acusou sua filha de “depreciar” a família real britânica, em entrevista a uma TV do Reino Unido cujos trechos foram divulgados ontem, um dia após o Palácio de Buckingham revelar que o príncipe Harry e a mulher dele não seriam mais membros ativos da monarquia.

O palácio anunciou no sábado que o casal não usará mais seus títulos de “Alteza Real” nem receberá fundos públicos. A monarquia entrou em turbulência no início do mês, quando Harry, de 35 anos, e Meghan, de 38 anos, anunciaram que estavam abandonando as funções de primeiro escalão da realeza britânica, pois queriam passar mais tempo na América do Norte e obter sua “independência financeira”.

Thomas Markle, que se afastou da filha, disse ao Channel 5 em um documentário que acredita que Meghan, estava jogando fora “o sonho de toda garota”. “É decepcionante, pois ela efetivamente conseguiu o sonho de toda garota. Toda garota quer se tornar uma princesa e ela conseguiu isso e agora está jogando fora. Parece que ela está jogando isso fora por dinheiro”, disse Markle.

A entrevista foi filmada após o anúncio do casal. O Channel 5 divulgou parte da entrevista ontem e disse que o documentário completo será transmitido “nas próximas semanas”.

Markle descreveu a família real como “uma das maiores instituições longevas de todos os tempos”, dizendo que quando Meghan se casou com Harry, em maio de 2018, eles assumiram a obrigação de “fazer parte da realeza e representar a realeza”.

“É como uma das maiores instituições de vida longa de todos os tempos”, disse ele. “Eles estão destruindo, estão barateando, estão tornando-os surrados... Eles estão transformando-o em um Walmart com uma coroa agora. É algo ridículo, eles não deveriam estar fazendo isso.”

Markle e sua filha se afastaram desde que ela se casou com Harry. Pouco antes do casamento, Markle desistiu de levar a filha ao altar, logo após um escândalo envolvendo sua relação com paparazzi. Ele admitiu que pagou a fotógrafos para que tirassem fotos suas positivas e as vazassem na imprensa e pediu desculpas a Meghan e a Harry. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.