Pai inglês deixa o guindaste onde subiu em protesto

Um pai indignado, numa fantasia de Spiderman, desceu hoje afinal do guindaste de 37 metros de altura, parado ao lado do Rio Tâmisa, onde subira como forma de protesto em favor dos direitos paternos. Foi o final de cinco dias de tumulto e engarrafamento na Bridge Tower, no centro financeiro londrino.David Chick, de 36 anos, baixou ao chão às 16 horas (12 horas em Brasília), onde se acotovelavam simpatizantes e a polícia o esperava. Ele foi preso imediatamente por ter colocado em risco a segurança pública.Chick, pai de um filho, do município de Sussex, no sul da Inglaterra, resolveu empreender a façanha para chamar a atenção para o problema da falta de acesso de pais separados aos filhos. Mas a polícia considerou-o um risco à segurança e fechou a ponte, uma via de trânsito importante no centro da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.