Pai morre de hipotermia tentando salvar família nos EUA

Perdido em meio a uma imensidão de neve e buscando ajuda à sua família, James Kim provavelmente viajou mais de 16 quilômetros a pé antes de morrer, de hipotermia, num episódio que emocionou os Estados Unidos nos últimos dias. Ele era editor do site de tecnologia CNET (veja ao lado homenagem do site CNET.com ao jornalista, em inglês).Kim foi encontrado em um riacho raso a quilômetros de distância do carro onde estavam seus parentes, e para os quais ele procurava ajuda."James Kim não fez nada de errado. Ele estava tentando salvar sua família", disse o tenente Gregg Hastings, da polícia estadual do Oregon na quinta-feira. "Ele pensou que, se chegasse até o rio, poderia chegar até a cidade."Kim pensou que a cidade mais próxima deles, Galice, estivesse a apenas seis quilômetros de distância, mas na verdade estava a 24, informou Hastings. Sua esposa, Kati, e suas duas filhas foram resgatadas na segunda-feira, quando foram avistadas por um helicóptero de busca enquanto saíam do carro para procurar ajuda.Com apenas comida de bebê e alguns biscoitos no carro, Kati Kim amamentou as duas crianças, um bebê de colo e uma garota de 4 anos, para mantê-las vivas.Kim e seus familiares estavam desaparecidos desde o dia 25 de novembro. Eles voltavam para casa, em São Francisco, após férias em família e aparentemente ficaram presos na neve.Depois de procurar nas montanhas do sul do Oregon durante dias, um helicóptero de buscas encontrou o corpo de Kim na quarta-feira. Ele estava totalmente coberto, informaram as autoridades.Hastings disse que Kati contou aos policiais que nevou fortemente durante vários dias enquanto a família estava no carro. Ela contou também que, durante esse tempo, eles ouviram sons de helicóptero ao menos duas vezes. "Kati e as crianças estão em boas condições enquanto contavam a difícil experiência que passaram", afirmou o tenente.

Agencia Estado,

08 de dezembro de 2006 | 20h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.