Painel quer punir bispos por omissão em casos de abuso

Um painel criado pelo papa Francisco para aconselhar o Vaticano sobre casos de abuso cometidos por padres disse que vai desenvolver protocolos específicos para responsabilizar bispos e outras autoridades da Igreja se eles falharem em reportar possíveis suspeitas de pedofilia.

AE, Agência Estado

03 Maio 2014 | 10h05

O painel, formado por oito membros, se encontrou pela primeira vez esta semana para discutir o escopo do seu trabalho e a adesão de novos integrantes. Em uma entrevista coletiva neste sábado, o cardeal Sean O''Malley, arcebispo de Boston, disse que as leis atuais da Igreja poderiam responsabilizar os bispos por omissão em casos de abuso sexual, mas não foram suficientemente aplicadas e agora são necessários "protocolos claros e eficazes".

Marie Collins, membro do comitê e vítima de abuso quando criança, disse que saiu "esperançosa" da reunião inaugural do grupo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
VATICANO ABUSO OMISSÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.