País lamenta morte de marinheiros chineses

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse no sábado lamentar a morte dos sete marinheiros chineses que estavam no navio ?New Star?, bombardeado pela guarda costeira russa no início do mês. No entanto, o órgão culpa o capitão indonésio pelo incidente por ter agido de maneira irresponsável ao violar as leis russas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.