País vai contar com pesquisa detalhada sobre turismo

A Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (Ebape), da Fundação Getúlio Vargas, está realizando, em parceria com a Embratur, uma pesquisa inédita que irá disponibilizar pela primeira vez dados mais confiáveis e completos sobre o turismo no país. A informação é do pesquisador do Núcleo de Estudos Avançados em Turismo e Hotelaria da instituição, Erick Lacerda.A sondagem, segundo a Agência Brasil, será efetuada a cada três meses. Os resultados da primeira Pesquisa de Conjuntura Turística Ebape-FGV/Embratur serão divulgados no final deste mês, revelou Lacerda. No momento, os pesquisadores se encontram na fase de coleta de dados, envolvendo os segmentos de hotelaria, agências de viagens, operadoras de turismo e empresas de eventos. A idéia é traçar um panorama completo da situação do turismo no Brasil, com vistas a solucionar os gargalos e estimular o setor como atividade econômica, disse Lacerda. De acordo com análise da Ebape-FGV, o setor turístico vem apresentando crescimento constante no país, com gradativo aumento do número de visitantes estrangeiros e também internos. Esse crescimento, detectado nas duas últimas décadas, se deve ao desenvolvimento científico e tecnológico, internacionalização do capital e globalização, fatores que posicionam a indústria do turismo entre as maiores do mundo.Os técnicos do Neath avaliam que o fortalecimento da atividade turística brasileira nos próximos anos dependerá do aporte de capital privado nacional e internacional e de políticas públicas que objetivem adequar a infra-estrutura turística brasileira à nova realidade do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.