Países árabes pedem entrada de força da OLP em Gaza

Jordânia e Egito pediram que Israel deixe entrar em Gaza a Divisão Bader, uma força leal ao presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e com base em território jordaniano, informou neste Domingo a agência local Sama.Jordanianos, egípcios e palestinos estão negociando há vários dias com Israel a entrada em Gaza da Divisão Bader, controlada pela Organização para a Libertação da Palestina (OLP). Uma resposta israelense é esperada nas próximas 48 horas, destaca a mesma fonte.O objetivo do envio da força é diminuir o riscos de guerra civil que existe atualmente em Gaza, onde, na última semana, 23 pessoas morreram em confrontos entre facções, principalmente entre os braços armados do movimento nacionalista Fatah, de Abbas, e do Movimento de Resistência Islâmica (Hamas), do primeiro-ministro Ismail Haniyeh.Desde outubro, os meios de comunicação palestinos e israelenses vêm noticiando que Israel cogita liberar a entrada da tropas da OLP em Gaza.IlegalidadeAbbas declarou neste sábado ilegal a milícia do Hamas.A milícia do Movimento de Resistência Islâmica tem 3.000 membros e foi criada quando Haniyeh assumiu o poder após as eleições de janeiro do ano passado. A força atuava paralelamente à da Autoridade Nacional Palestina (ANP), cujos membros pertencem ao Fatah e são leais a Abbas.O primeiro-ministro contestou a ilegalidade da milícia do Hamas anunciando que pensava em aumentar para 12.000 o efetivo da força.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.