Países do CS recebem versão censurada do dossiê iraquiano

Os 10 membros não-permanentes do Conselho de Segurança (CS) da ONU receberam, na noite de terça-feira, uma versão reduzida da declaração do Iraque sobre armamentos, em meio aos protestos dos delegados. A versão reduzida contém entre 3.000 e 3.500 páginas, contra as quase 12.000 da original, que foi entregue aos cinco membros permanentes do Conselho (EUA, Rússia, China, Grã-Bretanha e França) que têm direito a veto. O dossiê sintético chegou de Viena em disquetes.Amanhã, Hans Blix, chefe dos inspetores da ONU no Iraque, fará uma avaliação global sobre a declaração iraquiana para o CS da ONU.Uma análise mais precisa será apresentada em meados de janeiro próximo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.