Países do G8 discutirão sanções e ofertas para o Irã

Os EUA debaterão estratégias para impor sanções contra o Irã nas Nações Unidas com altas autoridades dos países do G8, que reúne as sete maiores economias industriais do mundo e a Rússia. Todos esses países - além dos Estados Unidos e Rússia, Grã-Bretanha, França, Alemanha, Japão, Itália e Canadá - estarão representados no Departamento de Estado para a discussão nesta sexta-feira, disse o porta-voz Richard Boucher. Eles analisarão um pacote de incentivos proposto por britânicos, franceses e alemães para induzir o Irã a interromper seu programa de enriquecimento de urânio. "Vamos ouvir dos europeus o trabalho que eles têm feito sobre como levar os iranianos a concordar", disse Boucher, acrescentando: "Iremos discutir com eles também o que fazer no Conselho de Segurança, se houver acordo para levar a questão lá". Sem votos suficientes, o governo americano não está conseguindo levar o Conselho a punir o Irã. A estratégia é tentar essa punição se o Irã não parar seu programa antes da reunião da Agência Internacional de Energia Atômica prevista para o final de novembro.

Agencia Estado,

13 Outubro 2004 | 16h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.