Países do sudeste asiático firmarão tratado econômico

Os dirigentes de dez nações do sudeste asiático assinarão, nesta terça-feira, um acordo para a criação de uma comunidade econômica em 2020. O Acordo de Bali II prevê a criação de um mercado comum, com a eliminação de impostos e barreiras alfandegárias, por um grupo econômico de 500 milhões de habitantes e dono de um comércio anual de US$ 720 bilhões de dólares. ?É um marco histórico para a Associação de Nações do Sudeste Asiático?, disse a presidente da Indonésia, Megawati Sukarnoputri. Os dirigentes que se reunirão para um encontro de dois dias em Bali reconhecerão que a diversidade de formas de governos na região - que inclui autocracias comunistas e uma ditadura militar - poderia atrapalhar os esforços para se firmar uma integração.A Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) é atualmente formada por Brunei, Camboja, Laos, Vietnã, Indonésia, Filipinas, Singapura, Mianma, Malásia e Tailândia. A Associação pretende enfrentar o crescimento das potências econômicas Índia e China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.