Países em desenvolvimento sofrerão mais com guerra, diz Amorim

O ministro das Relações Exteriores, CelsoAmorim, afirmou que em caso de uma guerra no Iraque quem mais sofrerá economicamente serão os países em desenvolvimento. "Uma guerra seria custosa para todo mundo, mas quem pagaria mais seriam os países em desenvolvimento". Segundo ele, o Brasil não poderia apoiar um ataque contra Bagdá se não fosse endossado pela Organização das Nações Unidas (ONU). A afirmação de Amorim foi feita hoje após participar de reunião com o presidente alemão, Johannes Rau.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.