Países farão teleconferência e coordenarão ajuda a Haiti

O grupo de amigos do Haiti fará, neste domingo, uma teleconferência para tratar da melhor forma de coordenar a ajuda individual de países com as Nações Unidas. A teleconferência será realizada, às 16 horas (horário de Brasília), e envolverá o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, a secretária de Estado, Hillary Clinton, e os chanceleres da França, do Canadá, do Chile, do Peru e do Uruguai. Também participarão os vice-chanceleres da Argentina, do México e da Costa Rica.

DENISE CHRISPIM MARIN, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 20h56

A teleconferência será coordenada pelo guatemalteco, Edmond Mulet, o enviado do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, para o Haiti. Segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty, Amorim participará dessa teleconferência no Palácio Itamaraty do Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Haititerremotoajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.