EFE
EFE

Países prometem 40 mil soldados para missões de paz da ONU

Objetivo é aumentar a capacidade de resposta e tornar as missões mais eficazes

O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2015 | 21h34

NOVA YORK - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta segunda-feira que mais de 50 países se comprometeram com cerca de 40 mil soldados de paz para possíveis missões da Organização das Nações Unidas, além de helicópteros, unidades médicas, treinamento e equipamento para lidar com bombas de beira de estrada.

Obama presidiu uma cúpula de líderes mundiais para obter compromissos a fim de aumentar a capacidade das missões de manutenção da paz das Nações Unidas e permitir que o organismo mundial envie forças o mais rapidamente se uma nova operação for criada.

"Nosso objetivo deve ser fazer com que cada nova operação de paz seja mais eficiente e mais eficaz do que a última", disse Obama.

A embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Samantha Power, disse que, além de cerca de 40 mil novos soldados e policiais, mais de 50 países se comprometeram a fornecer mais de 40 helicópteros e 10 hospitais de campanha.

A China fez um dos maiores compromissos. O presidente Xi Jinping se comprometeu a criar um "esquadrão de polícia de manutenção da paz permanente e construir uma força de paz de 8 mil soldados". / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
ONU missões paz soldados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.