Países vão compartilhar amostras de vírus da gripe

Depois de quatro anos de complicadas negociações, um acordo por meio do qual os países se comprometem a compartilhar amostras de vírus da gripe foi alcançado na manhã deste sábado, anunciou em Genebra a Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com a entidade multilateral, diplomatas passaram a madrugada ajustando os últimos detalhes do acordo e o finalizaram na manhã de hoje. A expectativa é de que o acordo seja ratificado na reunião anual da OMS marcada para o mês que vem em Genebra.

AE/AP, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 14h31

Nos últimos anos, países em desenvolvimento recusaram-se a fornecer gratuitamente amostras de vírus como o da gripe aviária por considerarem que elas seriam repassadas a companhias farmacêuticas sediadas nas nações desenvolvidas, que posteriormente colocariam no mercado vacinas pelas quais a maior parte de suas populações não teria dinheiro para pagar.

O acordo alcançado hoje prevê que as companhias farmacêuticas compartilhem a fórmula das vacinas ou reservem parte da produção para os países mais pobres no caso de uma futura pandemia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
OMSgripevírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.