Palestina ameaça procurar ONU contra assentamentos

Uma porta-voz palestina Hanan Ashrawi disse que os palestinos estão cada vez mais frustrados sobre a expansão dos assentamentos de Israel e podem buscar reparação em órgãos da Organização das Nações Unidas (ONU), mesmo antes de as negociações entre israelenses e palestinos seguirem seu curso.

JERUSALÉM, Agência Estado

21 de agosto de 2013 | 11h50

As negociações sobre os termos de um Estado palestino foram retomadas no fim de julho e os EUA preveem um acordo no prazo de nove meses. Desde o início das negociações, Israel promoveu planos para mais de 3.000 apartamentos nos novos assentamentos na Cisjordânia e Jerusalém Oriental, terras conquistadas em guerras que os palestinos querem para seu Estado.

Ashrawi afirmou que Israel está "destruindo deliberadamente as chances de sucesso dessas negociações" ao acelerar as atividades de assentamento.

Os EUA pediram que os Palestinos não procurem organismos da ONU durante as negociações. Ashrawi advertiu que os palestinos poderiam fazer isso, mesmo durante as negociações, se a construção de assentamentos continuar. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinaONUassentamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.