REUTERS/Mohamad Torokman
REUTERS/Mohamad Torokman

Palestino é morto após lançar pedra contra soldados israelenses na Cisjordânia

Em nota, o Exército de Israel disse que foi alvo de lançamento de pedras por parte de dez palestinos e uma delas atingiu a cabeça de um militar

O Estado de S.Paulo

06 Junho 2018 | 08h50

JERUSALÉM - O Exército israelense disse nesta quarta-feira, 6, que matou um palestino que lançou "uma grande pedra" contra um grupo de soldados durante uma operação em Nabi Saleh, no noroeste de Ramala, na Cisjordânia Ocupada.

+ Palestino tenta se infiltrar em Israel pela Faixa de Gaza e é morto por soldados israelenses

+ Hamas anuncia cessar-fogo na Faixa de Gaza; Israel diz que manterá calma se não for atacado

Em um comunicado, o Exército disse ter sido alvo de lançamento de pedras por parte de dez palestinos e que uma delas atingiu a cabeça de um soldado.

+ Em resposta a morteiros palestinos, jatos israelenses bombardeiam Gaza

+ Israel ataca posições do Hamas no sul de Gaza após infiltração

O militar "respondeu atirando contra o palestino", que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Em maio, um soldado das forças especiais morreu depois de ter sido atingido por uma pedra na cabeça durante uma operação noturna na Cisjordânia, território ocupado por Israel há mais de 50 anos.

As forças israelenses realizam operações noturnas com frequência na Cisjordânia para deter ativistas palestinos. / AFP

Mais conteúdo sobre:
Israel [Ásia] Palestina [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.