Palestino é seqüestrado em Nablus

Um funcionário palestino, colaborador do governador de Nablus, foi seqüestrado na tarde de hoje, informaram fontes locais. O funcionário Fadel Al Shooli é responsável pela agricultura no gabinete do governador. Os motivos do seqüestro ainda não foram esclarecidos, mas, segundo as fontes, poderia ter sido por "razões pessoais", ainda que não tenham sido excluídas motivações políticas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.