Palestino fere 2 em assentamento judeu e é morto

Um palestino abriu fogo hoje numa escola religiosa de um assentamento judeu na Cisjordânia, ferindo gravemente duas pessoas antes de ser abatido a tiros, segundo um porta-voz dos colonos. O ataque ocorreu no assentamento de Har Bracha, nas proximidades da cidade cisjordaniana de Nablus, disse o porta-voz Yehoshua Mor-Yosef, acrescentando que o atacante foi morto a tiros. O grupo militante Frente Popular para a Libertação da Palestina assumiu responsabilidade pelo ataque na tevê libanesa Al-Manar, que pertence ao grupo islâmico Hezbollah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.