Palestino morre em explosão de granada na Cisjordânia

Um palestino de 65 anos morreu, na quinta-feira, devido à explosão de uma granada lançada por soldados do exército israelense, disseram fontes da segurança palestina. A vítima, Salim Marawah, encontrava-se próximo de sua casa, nos arredores de Tulkarem, norte da Cisjordânia, quando os israelenses iniciavam uma incursão militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.