Palestinos apelam à Assembléia da ONU contra muro

Representantes dos palestinos disseram que querem que a Assembléia Geral das Nações Unidas condene o Estado de Israel pela construção de uma barreira que entra na Cisjordânia. Os EUA impediram a aprovação de uma declaração do Conselho de Segurança da ONU que tornaria o muro ilegal. Os palestinos também querem levar a questão do muro ao Tribunal Internacional de Haia, disse Nasser Al-Kidwa, observador palestino junto à ONU.Israel insiste que a barreira é essencial para evitar ataques suicidas e, assim, ajuda a criar um clima propício às conversações de paz. Os palestinos consideram o projeto uma gritante anexação ilegal de território antes mesmo do início das negociações sobre as fronteiras do futuro Estado palestino.Al-Kidwa disse que duas resoluções foram apresentadas à Assembléia Geral. Uma é semelhante à que foi vetada pelos EUA e pede a demolição do muro. A outra pede à Corte de Haia que emita um parecer sobre a questão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.