Palestinos disparam contra assentamento judaico em Gaza

Palestinos armados abriram fogo contraum assentamento judaico na Faixa de Gaza durante uma tentativade infiltração ocorrida nesta segunda-feira (21), matando umtrabalhador tailandês com um projétil de morteiro, informou oExército de Israel. Soldados israelenses abriram fogo e feriram dois agricultorespalestinos que estavam nas proximidades, disseram moradores.Inicialmente, funcionários palestinos informaram que ummilitante teria morrido, mas depois não tinham como confirmar ainformação. O Exército do Estado judeu disse que seus soldados abriramfogo contra um motorista de trator que se aproximou de umaposição militar israelense nos arredores do assentamento judaicode Kfar Darom. Os agressores utilizaram morteiros, mísseis e armasautomáticas. O Exército alegou ter acertado o motorista, mas nãodispunha de detalhes sobre seu estado de saúde. Segundo militares israelenses, o funcionário tailandêstrabalhava em uma estufa no momento do ataque. Desde o início daatual onda de violência entre israelenses e palestinos, em 28 desetembro de 2000, diversos assentamentos trocaram funcionáriospalestinos por mão-de-obra proveniente do leste da Ásia. Moradores palestinos disseram que um grupo de militantesdisparou submetralhadoras e mísseis antitanque contra as estufas atraindo disparos do Exército. Os dois agricultores atingidospelos soldados foram hospitalizados com ferimentos moderados,disseram médicos. Soldados israelenses utilizaram helicópteros e cãesfarejadores para procurar por suspeitos, disseram moradores. OExército também interditou a principal rodovia da região. Enquanto isso, na Cisjordânia, soldados israelenses entraramem choque com manifestantes que protestavam contra a construçãode uma barreira de segurança dentro do território palestino. Centenas de pessoas protestaram em Dir Ballut. Os soldadosreprimiram o protesto com bombas de gás lacrimogêneo. Diversaspessoas inalaram o gás e foram intoxicadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.