Adel Hana/AP
Adel Hana/AP

Palestinos disparam foguetes e Israel bombardeia Gaza

Hostilidades cresceram nas últimas semanas; ministro israelense disse que país continuará retaliando

AE, Agência Estado

24 de outubro de 2012 | 09h29

TEL-AVIV - Dezenas de foguetes e morteiros vindos da Faixa de Gaza atingiram o sul de Israel na manhã desta quarta-feira, 24, ferindo três pessoas, e ataques aéreos israelenses mataram um militante palestino. As hostilidades vêm crescendo nas últimas semanas, e o ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, afirmou que o país continuará retaliando.

Veja também:

linkIsrael mata atirador do Hamas em segundo dia de ataques a Gaza

linkIsrael mata 3 em ataque contra a Faixa de Gaza forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Além da morte nos bombardeios de hoje, outro palestino faleceu em decorrências dos ferimentos que sofreu ontem. Com isso, sobe para quatro o número de mortos em ataques contra Gaza nos últimos dois dias.

A polícia israelense afirmou que dois dos três feridos estão em estado grave, enquanto a estação de rádio pública identificou-os como sendo imigrantes tailandeses.

Em entrevista para a Rádio Israel, Barak afirmou que uma incursão de soldados na Faixa de Gaza não está fora de cogitação: "Se precisarmos de uma operação terrestre vai haver uma operação terrestre. Nós vamos fazer o que for necessário para interromper essa onda" de violência.

O Exército israelense afirmou que até o final da manhã caíram 70 foguetes e morteiros em seu território, e que em retaliação bombardeou Gaza quatro vezes. Escolas no sul de Israel e em Gaza cancelaram as aulas e a fronteira foi fechada.

As informações são da Associated Press.

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelFaixa de Gazaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.