Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Palestinos estudam nova trégua

O governo do Egito mantém conversações com o Hamas e a Autoridade Palestina (AP) para tentar uma nova trégua que permita implementar o acordo paz respaldado pelos Estados Unidos. Segundo um funcionário da AP, os líderes egípcios tiveram contatos ontem com o representante de Hamas, Osama Hamdan, e com o parlamentar palestino Ziad Abu Amr. Como resultado, os representantes palestino e do Hamas se encontraram ontem à noite mesmo. Esta foi a primeira vez que ambas as partes se reúnem, desde que os palestinos romperam relações com o Hamas, depois do ataque suicida em 19 de agosto contra um ônibus em Jerusalém, em que morreram 21 pessoas - o cessar-fogo declarado em 29 de junho acabou com esse ataque. Desde então, Israel tem lançado violentos ataques com mísseis contra veículos palestinos para matar dirigentes do Hamas. Segundo a fonte, os contatos entre o Hamas e a AP continuarão e ambas as partes já apresentaram suas idéias para uma nova trégua. Os Estados Unidos têm pressionado a AP, através de seus primeiro-ministro Mahmoud Abbas, para que desmantele e desarme os grupos violentos. Mas Abbas tem resistido por temer uma guerra civil. As autoridades palestinas preferem tentar persuadir os militantes a aderirem a uma nova trégua, ao invés de confrontá-los.

Agencia Estado,

01 de setembro de 2003 | 13h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.