Palestinos fazem campanha de alistamento eleitoral

Os palestinos deram início a uma campanha de alistamento eleitoral neste sábado, num primeiro passo para a realização de eleições que já estão atrasadas. O presidente Yasser Arafat promete que eleições parlamentares e presidenciais ocorrerão até fevereiro. Arafat foi um dos primeiros a se registrar como eleitor - há 1,8 milhão de palestinos com direito a voto. O presidente apresentou seu passaporte à seção eleitoral montada no complexo onde se encontra confinado por Israel. Ele citou o edifício como seu endereço.As últimas eleições gerais palestinas ocorreram em janeiro de 1996. Arafat vem bloqueando a realização de novas eleições desde então, argumentando que não há como fazer uma votação com soldados israelenses ocupando as cidades palestinas. Críticos dizem que o líder evita realizar o pleito num momento em que sua popularidade cai, em meio a denúncias de corrupção a o impasse nas negociações de paz.Ali Jarbawi, chefe da Comissão Eleitoral Palestina, disse que a campanha de alistamento durará cinco semanas, com uma prorrogação possível de duas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.