Palestinos fazem protesto contra presidente da ANP na Faixa de Gaza

Documentos divulgados pela Al Jazira mostram Abas disposto a concessões nas negociações com israelenses

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 17h00

CIDADE DE GAZA - Milhares de palestinos marcharam em protesto nesya quarta-feira, 26, na Faixa de Gaza contra o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, chamado de "traidor". A Faixa de Gaza é controlada pelo Hamas, rival da ANP.

Os protestos ocorrem após a emissora de televisão Al-Jazira, do Catar, ter exibido uma reportagem que teve como base telegramas diplomáticos dos Estados Unidos vazados pelo site WikiLeaks, relativos a uma década de negociações entre árabes e israelenses. A Al-Jazira afirma que os documentos mostram Abbas disposto a fazer várias concessões a Israel em Jerusalém e também informações sobre o destino dos milhões de refugiados palestinos.

O Hamas acusou Abbas de vender os direitos dos palestinos. No final da tarde de hoje (horário local), vários milhares de palestinos marcharam na cidade de Gaza e no campo de refugiados de Khan Yunis. Em uma manifestação, foram exibidas fotografias de Abbas e de negociadores palestinos da ANP, ao lado de bandeiras de Israel. A multidão gritou "vão para casa, traidores". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoWikiLeakspalestinosIsraelGaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.