Palestinos prometem manter levante

Centenas de palestinos queimaram hojefotos do primeiro-ministro israelense, Ehud Barak, e dolíder opositor Ariel Sharon e juraram continuar seu levantecontra Israel, sem importar qual dos dois vença a eleição. Em conflitos isolados ocorridos na Cisjordânia, trêspalestinos foram feridos à bala e 43 com munições revestidas deborracha, todas elas disparadas pelas tropas israelenses. Maistarde, houve tiroteio em duas localidades e a estrada que ligaJerusalém às colônias judaicas de Gush Etzion foi fechadatemporariamente devido aos tiros. Os palestinos convocaram um "Dia de Fúria", embora osenfrentamentos tenham sido moderados em comparação aos ocorridosquase que diariamente nos últimos quatro meses. No geral, o dia de eleição em Israel foi observado comindiferença na Cisjordânia e Faixa de Gaza. Muitos palestinosdisseram que ambos candidatos contam com um histórico deopressão, o que não os leva a crer que sua situação poderápiorar sob um governo Sharon. Os palestinos não têm direito avoto, ao contrário dos árabe-israelenses. O líder palestino, Yasser Arafat, disse em váriasoportunidades que se entenderá com o vencedor das eleições, sejaele quem for, e que continuará a tratar a paz através dasnegociações. Por outro lado, alguns dirigentes acreditam que umapossível vitória de Sharon, como indicam as pesquisas, possaprovocar o congelamento das conversações de paz. O ministro da Informação palestino, Yasser Abed Rabbo, jáavisou que as negociações deverão ser retomadas no ponto em queforam interrompidas no mês passado, possibilidade que deverá sernegada por Sharon. Barak havia concordado na criação de umestado palestino em quase toda a Cisjordânia e na totalidade daFaixa de Gaza, assim como em uma área de Jerusalém. Mas o líderda oposição advertiu que não entregará aos palestinos maisterritórios do que o que eles controlam atualmente: dois terçosde Gaza e 42% da Cisjordânia.

Agencia Estado,

06 de fevereiro de 2001 | 17h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.