Palin diz não descartar guerra se Rússia atacar aliado

A candidata à vice-presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, Sarah Palin, afirmou em uma entrevista à rede de televisão ABC que uma guerra com a Rússia poderia ser necessária se um membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) fosse atacado. Após Palin afirmar que apóia a entrada da Ucrânia e da Geórgia na Otan, Gibson perguntou se isso significaria uma guerra no caso de uma invasão russa à Geórgia. "Talvez sim", respondeu a candidata."Quero dizer, esse é o acordo quando você é um aliado da Otan. Se um país for atacado, espera-se que sejamos chamados para ajudar", afirmou Palin, segundo a ABC, que publicou em seu site alguns trechos da entrevista da candidata a vice na chapa com John McCain a Charles Gibson. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.