Palin é contra casamento gay, mas apóia direitos civis

O candidato democrata à vice-presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que se a chapa democrata for eleita, os casais homossexuais nos EUA terão os direitos civis iguais aos dos heterossexuais. Sua rival, a candidata republicana a vice Sarah Palin, concordou em apoiar os direitos civis dos gays, mas foi clara quando disse que não apóia o casamento homossexual."Eu não apóio o casamento gay", disse no final da sua resposta, logo após o senador Biden ter sugerido que ambos tinham opiniões iguais sobre a questão.Logo após a resposta da governadora do Alasca, conhecida como uma conservadora religiosa, a apresentadora Gwen Ifill, da televisão estatal PBS, arrancou uma gargalhada da platéia, ao dizer: "Bem, vamos logo para a política externa". (André Lachini)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.