Pânico em festa na Costa do Marfim deixa 61 mortos

Autoridades da Costa do Marfim dizem que 61 pessoas foram mortas depois que um estampido nas festividades de Ano Novo deflagrou pânico no centro comercial em Abidjan.

AE - AP, Agência Estado

01 de janeiro de 2013 | 12h09

Um bombeiro informou que também há feridos no incidente, ocorrido depois que fogos de artifício foram disparados em um distrito de Abidjan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.