Papa acompanha ajoelhado a via-crúcis

Cristãos do mundo todo lembraram nesta sexta-feira o martírio e a morte de Jesus Cristo nas celebrações da Sexta-Feira Santa.O papa João Paulo II ouviu confissões e, pela primeira vez, acompanhou ajoelhado a tradicional via-crúcis em Roma.Nesta sexta-feira, as igrejas fecham as portas e reabrem no início da noite para os primeiros ritos que comemoram a ressurreição e o começo do ano litúrgico católico.Demonstrando cansaço durante todo o dia, João Paulo II assistiu à via-crúcis ajoelhado em um trono no morro Palatino, em frente do Coliseu.O pontífice, que completa 81 anos em maio e caminha com dificuldade, carregou a cruz, de 3,5 quilos, nos últimos 10 metros da procissão.Durante a tarde, na Basílica de São Pedro, o papa ouviu confissões de 12 fiéis, em italiano, inglês, espanhol, português e polonês.A tradição foi iniciada pelo próprio João Paulo II em 1979, pouco após o início de seu pontificado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.