Papa apela por calma nas ruas em mensagem ao Haiti

O papa Bento XVI apelou por calma nas ruas do Haiti para que a ajuda internacional possa chegar às regiões mais afetadas do país. Em sua segunda mensagem desde o terremoto de 12 de janeiro, o papa afirmou que reza para que a "solidariedade habite todos os corações". Ele disse ter esperanças de que a "tranquilidade retornará às ruas para que o apoio chegue até aqueles que carecem de tudo".

AE-AP, Agencia Estado

23 de janeiro de 2010 | 12h35

No comunicado, ele também agradeceu aos trabalhadores das equipes de resgate que estão atuando no Haiti e aos voluntários que buscam sobreviventes nos escombros, "muitas vezes, colocando suas próprias vidas em risco". O papa fez os comentários em carta enviada ao presidente do Haiti, Rene Preval, que foi divulgada hoje pelo Vaticano.

Tudo o que sabemos sobre:
papaBento XVIHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.