Papa Bento XVI anuncia visita à África em março

O papa Bento XVI anunciou hoje que realizará sua primeira visita à África desde assumir o posto, em 2005. No próximo ano, o pontífice pretende visitar Camarões e Angola. "Em março próximo, eu pretendo ir a Camarões", afirmou o papa. "Dali, se Deus quiser, irei para Angola, para celebrar solenemente o aniversário de 500 anos de evangelização daquele país."A máxima autoridade da Igreja Católica deu a notícia ao fim de sua homilia na Basílica de São Pedro, em Roma. A cerimônia marcou o fim de três semanas de discussões sobre a bíblia, realizada por bispos do mundo todo.Bento XVI, de 81 anos, não forneceu detalhes sobre a viagem. Geralmente esses eventos são anunciados por funcionários da igreja nos países que receberão as visitas. O Vaticano trata delas apenas perto da data da partida.A visita será parte das preparações para um encontro de bispos em outubro do ano que vem, no Vaticano, para tratar da África. A Igreja Católica cresce em partes da África e da Ásia. Em alguns casos religiosos desses continentes têm substituído padres na Europa e na América do Norte, onde a escolha pela vida religiosa tem declinado.Camarões foi formado em 1961, a partir de territórios do Oeste africano governados pela França e pela Grã-Bretanha. O país tem 18 milhões de habitantes, entre os quais 40% são cristãos.Já Angola tem suas raízes cristãs ligadas à colonização portuguesa. O país no Sul da África foi dilacerado por uma guerra civil iniciada no ano de sua independência, em 1975, e encerrada em 2002.Bento XVI foi eleito papa em 2005. Desde então visitou vários países europeus, além de Brasil, Estados Unidos e Austrália. Seu antecessor, João Paulo II, visitou a África várias vezes em seus 26 anos e meio de pontificado. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.