Papa Bento XVI chega no Líbano com mensagem de paz

O Papa Bento XVI chegou ao Líbano nesta sexta-feira, para pedir paz no Oriente Médio em meio aos tumultos que atingem a região. Quanto aos temores de que a guerra civil na Síria espalhe-se para o Líbano, ele disse que vender armas para a Síria é "um grande pecado". A visita durará três dias.

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2012 | 09h17

O pontífice foi recebido pelas principais autoridades libanesas, incluindo o presidente e o primeiro-ministro, bem como líderes cristãos e muçulmanos. O Líbano é o país com a maior porcentagem de população cristã no Oriente Médio - 40% dos 4 milhões de habitantes.

Bento XVI chega sob forte esquema de segurança. No avião ele disse para jornalistas que a Primavera Árabe foi um momento "positivo": "é o desejo de mais democracia, mais liberdade, mais cooperação e uma renovada identidade árabe". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbanoPapa Bento XVIvisita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.