Papa distribui beijos e abraços a deficientes

O Papa Francisco recebeu centenas de pessoas em cadeiras de rodas, um por um, como parte de uma reunião especial em que filas de assentos foram retirados de um auditório do Vaticano para dar espaço para os visitantes com deficiência.

AE, Agência Estado

09 de novembro de 2013 | 12h50

O pontífice lamentou que a sociedade tende a "esconder a fragilidade física" e rejeitar os deficientes. Ele encorajou as pessoas com deficiência física a banirem quaisquer sentimentos de vergonha e a se tornarem "protagonistas" na sociedade, bem como na igreja católica.

Cerca de 600 pessoas em cadeiras de rodas esperavam para receber o papa durante o evento de sábado. A autoridade religiosa distribuiu abraços e beijos e conversou com muitos presentes. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
vaticanopapadeficientes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.