Giampiero Sposito / Reuters
Giampiero Sposito / Reuters

Papa é eleito homem do ano da 'Time'

Francisco conseguiu praticar a humildade e ganhar a atenção do mundo todo, diz a revista

O Estado de S. Paulo,

11 de dezembro de 2013 | 10h52

WASHINGTON -  O papa Francisco ganhou nesta quarta-feira, 11, o prêmio de Homem do Ano, dado pela revista americana Time. Num perfil elogioso do líder da Igreja Católica, a Time indica que Francisco conseguiu praticar a humildade de um dos tronos mais famosos do mundo, com rara e rápida atenção do mundo todo.

"Ele se colocou no centro de debates centrais do nosso tempo: riqueza e pobreza, justiça, transparência, o papel das mulheres e do casamento e as tentações do poder", diz o texto da Time.

Francisco foi eleito em março, um mês depois da renúncia de Bento XVI. Ele iniciou uma série de reformas no Vaticano e imprimiu um estilo simples e carismático a seu papado. Ele esteve no Brasil em julho. 

 

Em segundo lugar, ficou o ex-técnico da CIA Edward Snowden, que revelou ao mundo a existência de um amplo esquema de espionagem feito pelo governo americano. Estão na lista também a ativista pelos direitos dos homossexuais Edith Winsor, o ditador sírio, Bashar Assad e o senador americano Ted Cruz, um dos líderes da ala radical do Partido Repubicano.  / AP

Tudo o que sabemos sobre:
papa Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.