Papa elogia compromisso de Reagan com a liberdade

O papa João Paulo II enviou mensagem a Nancy Reagan, viúva de Ronald Reagan, para manifestar sua "profunda gratidão" ao ex-presidente americano, por seu comprometimento com a causa da liberdade no mundo. O Vaticano anunciou que seu secretário de Estado, o cardeal Angelo Sodano, representará o papa nos funerais de Reagan, previstos para sexta-feira em Washington. O ex-presidente americano faleceu no último sábado.Nos anos 80, o Vaticano e a Casa Branca uniram seus esforços para promover o movimento trabalhista Solidariedade na Polônia e ajudar a minar o domínio soviético sobre a Europa Oriental. No domingo, durante peregrinação à Suíça, o papa recordou a contribuição de Reagan para "eventos históricos que mudaram a vida de milhões de pessoas, europeus em sua maioria".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.