Papa elogia esforços para evitar ataque ao Iraque

O papa João Paulo II elogiou hoje ações que poderiam permitir o retorno dos inspetores de armas da ONU ao Iraque e fez um pedido especial pela paz, diante das crescentes tensões por um possível ataque dos EUA contra o regime de Saddam Hussein. Na segunda-feira, o Iraque aceitou o retorno dos inspetores de armas da ONU ao país, após quatro anos de ausência. Os Estados Unidos, no entanto, se mostraram insatisfeitos com a oferta e aparentemente continuam com seus preparativos de guerra.Ao falar diante de peregrinos durante sua audiência geral, o pontífice lembrou a crise do Iraque pedindo ao público para orar para que a guerra seja evitada. "Depois que os ventos de guerra ameaçaram convulsionar todo o Oriente Médio, chegaram boas notícias sobre a possibilidade de uma retomada da cooperação do Iraque com a comunidade internacional", afirmou o papa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.