Papa evoca legado e sofrimentos de João Paulo II

O papa Bento XVI lembrou o legado e os últimos dias de sofrimento do papa João Paulo II no primeiro aniversário da morte do pontífice polonês, neste domingo, 2, dizendo que o papa viveu até o fim sua missão de guiar a Igreja Católica. "João Paulo II morreu como ele sempre viveu, levado por sua coragem de fé, entregando-se a Deus e aos cuidados da Santa Maria", disse Bento XVI em seu sermão dominical. O papa falou a dezenas de milhares de pessoas que se amontoaram na Praça de São Pedro, muitas das quais agitavam a bandeira vermelha e branca da Polônia, país natal de João Paulo II, e que foram a Roma para as celebrações do aniversário da morte do papa. As celebrações terminam na noite deste domingo, 2, com uma vigília a praça para marcar a hora exata em que João Paulo faleceu (21h37 local e 16h37 em Brasília). Autoridades da cidade esperam de 100 mil a 150 mil pessoas, sendo cerca de 10 mil poloneses. Durante a oração do meio-dia, Bento XVI relembrou os últimos dias da vida de seu antecessor, durante as comemorações da semana Santa. O papa lembrou como João Paulo apenas pôde assistir à procissão da Via Sacra pela televisão e não conseguiu falar quando tentou dar sua mensagem de bênção da Páscoa, dois dias depois. "Nós nunca esqueceremos aquela bênção", Disse Bento. "Foi a mais dolorida e emocionante bênção, que nos deixou um testemunho de sua vontade de completar sua missão até o fim. Bento disse que João Paulo II será mais lembrado por uma de suas primeiras mensagens, de 22 de outubro de 1978, alguns dias após ter sido eleito. Naquela mensagem, João Paulo disse que os fiéis "abrem, na verdade abrem bastante, Faithful as portas para Cristo!!. "Nos últimos anos, o Senhor gradualmente tirou dele tudo", disse Bento. "E quando ele não podia mais viajar, ,e depois, quando não podia mais andar, e, finalmente, não podia mais falar, seu anúncio se reduziu ao essencial: "a entrega dele mesmo até o final". Na vigília desta noite, seleções de textos de João Paulo II - seus livros de poesia, homilias e escritos - serão lidos.

Agencia Estado,

02 Abril 2006 | 09h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.