Papa exorta bispos a combaterem expansão de seitas

Ao receber esta manhã no Vaticano os bispos da Comissão Pontifícia para a América Latina, o papa João Paulo II os exortou a um maior esforço para dar combate ao "grave problema" da expansão das seitas religiosas na América do Sul. Segundo o pontífice, é ncessária "uma resoluta ação pastoral para enfrentar essa grave questão, revendo os métodos pastorais empregados, reforçando as estruturas de comunhão e missão, e pondo em marcha as possibilidades evangelizadoras que oferece uma religiosidade popular purificada". "A respeito - acrescentou - sabem bem o quanto é importante a presença dos evangelizadores, já que onde operam os sacerdotes, os religiosos, as religiosas ou os leigos vinculados ao apostolado as seitas não prosperam". "A fé, embora seja um dom de Deus, não se desperta nem se mantém, concluiu João Paulo II, sem a mediação dos evangelizadores".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.