Papa expressa pesar por atentado no Iraque, que matou três italianos

O papa Bento XVI expressou sua "grande dor" pelo atentado cometido nesta quinta-feira no Iraque, que matou três militares italianos e um romeno, e destacou o compromisso das vítimas "em favor da paz e da liberdade neste país", afirmou o secretário para Relações com outros Estados do vaticano, Giovanni Lajolo.Em entrevista à rádio vaticana, Lajolo disse que o pontífice enviou um telegrama de condolências ao Ministério de Assuntos Exteriores da Itália, no qual ressaltou sua "grande dor" devido ao "novo grave atentado" do Iraque.Segundo Lajolo, o texto destaca a "contribuição generosa e desinteressada" das vítimas "em favor da paz e da liberdade" no Iraque.O secretário destacou que a mensagem do pontífice lembrou as vítimas e seus entes queridos em oração, antes de lamentar os "atos de cruel barbárie" que quase todos os dias chegam do Iraque e que "atrasam o cansativo processo democrático do país".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.