Papa fará visita à Turquia no final de novembro

O Vaticano confirmou nesta segunda-feira oficialmente que o Papa Bento XVI visitará a Turquia de 28 de novembro ao 1º de dezembro.O Pontífice irá a Ancara, Izmir, Éfeso e Istambul, informou em comunicado a Santa Sé.A visita de Joseph Ratzinger à Turquia suscitou polêmica no mundo islâmico devido às antigas citações sobre Maomé e o Islã lembradas por Bento XVI durante recente viagem à Alemanha, que grupos muçulmanos consideraram ofensivas.O Vaticano e Bento XVI disseram repetidas vezes que as palavras haviam sido mal entendidas e que o Papa não compartilha de forma alguma da opinião pejorativa sobre o Islã que comentou, e tem o "mais profundo respeito" pela fé maometana."Em resposta ao convite do presidente da República Turca, Ahmet Necdet Sezer, de 28 de novembro a 1º de dezembro o Santo Padre Bento XVI realizará uma viagem apostólica à Turquia, visitando Ancara, Éfeso e Istambul", informou o Vaticano em breve comunicado.A visita de Bento XVI à Turquia coincidirá, no dia 30 de novembro, com a festividade de Santo André, padroeiro da Igreja Ortodoxa.Como já é tradição, todos os anos, por ocasião dessa festividade, o Vaticano envia uma delegação a Istambul e, em 29 de junho, festividade de São Pedro e São Paulo, padroeiros da Igreja Católica, o Patriarcado Ecumênico de Constantinopla envia uma delegação a Roma.Bartolomeu I já visitou o Vaticano em três oportunidades (1995, junho e novembro de 2004).Esta será a primeira viagem de Bento XVI ao Fanar, em Istambul, o coração do patriarcado ortodoxo de Constantinopla, que representa 200 milhões de cristãos espalhados por todo o mundo.Apesar de o objetivo da viagem ser o encontro com o Patriarcado Ecumênico de Constantinopla, as críticas ao Papa surgidas no mundo muçulmano e as ameaças contra o Pontífice acabaram mudando a impressão deixada pela marcação da visita.O ministro do Interior da Itália, Giuliano Amato, afirmou no dia 12 no Parlamento que "não há sinais de alarme" sobre a segurança do Pontífice.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.