Papa Francisco aterrissa na Palestina

Em sua segunda etapa da peregrinação à Terra Santa, o pontífice se reunirá com o presidente Mahmoud Abbas

EFE,

25 Maio 2014 | 08h23

CISJORDÂNIA - O papa Francisco aterrissou neste domingo, 25, na cidade de Belém, na Cisjordânia, na segunda etapa de sua peregrinação à Terra Santa, onde esta manhã rezará uma missa.

O helicóptero militar jordaniano que leva o pontífice de Amã aterrissou às 9h30 (horário local) perto do campo de refugiados palestinos de Dheisheh, de onde Francisco foi para a sede do governo local para se reunir com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.

Uma vez terminado o encontro, o papa irá até a praça da Manjedoura, onde realizará uma missa para mais de 8.000 pessoas vindas de todos os cantos da Palestina, incluindo a empobrecida Gaza, sob assédio militar israelense desde 2007.

Após a missa, o papa se retirará para a vizinha residência Casa Nova, propriedade da Custódia franciscana na Terra Santa, onde descansará e comerá com famílias palestinas, procedentes da área de Belém, Jerusalém Oriental, Galileia e Gaza.

Ali, as famílias transmitirão ao pontífice problemas diários que enfrentam, como o muro de segregação, a construção de colônias, e a ausência de liberdade de movimento que lhes impedem de visitar os locais sagrados de Jerusalém e põem impedimentos à reunificação familiar.

Terminada a refeição, que segundo disseram à Agência Efe fontes palestinas será frugal, Francisco orará de forma privada na gruta da Natividade e fará um percurso em carro descoberto que lhe permitirá ver o citado muro e visitar brevemente o campo de refugiados de Dheisheh.

Ali, escutará as crianças palestinas e lhes dirigirá palavras antes de ir de helicóptero rumo a Jerusalém, aonde chegará no meio da tarde antes do desvio obrigatório a Tel Aviv por razões diplomáticas, apesar de apenas oito quilômetros separarem Belém da cidade santa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.