AFP / Vincenzo Pinto
AFP / Vincenzo Pinto

Papa Francisco chega ao Chile para visita de três dias

Na primeira viagem de um papa ao Chile em trinta anos, Francisco vai encontrar o povo que menos acredita na Igreja Católica na América Latina

O Estado de S.Paulo

15 Janeiro 2018 | 21h27

O Papa Francisco chegou na noite desta segunda-feira, 15, ao Chile, onde fará uma visita de três dias. O Papa foi recebido pela presidente Michelle Bachelet e três crianças, que lhe entregaram flores, assim como membros da Igreja e outras autoridades. Os fortes ventos obrigaram o papa a tirar o solidéu.

+ A caminho do Chile, papa diz temer uma 'guerra nuclear'

Durante sua permanência de três dias no Chile (de 15 a 18 de janeiro) , Francisco se reunirá com autoridades, comunidades indígenas, religiosos e pessoas carentes, em Santiago, Temuco (600 km ao sul de Santiago) e Iquique (1.800 km ao norte), onde vai celebrar missas.

Nesta primeira viagem de um papa ao Chile em trinta anos, Francisco, 81, conhecerá a população que menos acredita na Igreja Católica na América Latina.

+ The Economist: Chilenos serão um público difícil para o papa

Autoridades do governo chileno estimam que 500 mil pessoas devem comparecer a uma missa marcada para a terça-feira em Santiago.

Depois do Chile, o Papa seguirá para o Peru, onde passará pela capital Lima e por Puerto Maldonado e Trujillo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.