Claudio Peri/AP
Claudio Peri/AP

Papa Francisco cria novo departamento financeiro no Vaticano

Secretaria da Economia vai supervisionar assuntos econômicos e administrativos

O Estado de S. Paulo,

24 de fevereiro de 2014 | 12h30

CIDADE DO VATICANO - O papa Francisco ordenou a criação de um novo departamento para supervisionar todos os assuntos econômicos e administrativos do Vaticano e nomeou um auditor para essas questões, informou o Vaticano nesta segunda-feira, 24.

A criação da Secretária de Economia parece ser uma resposta a um escândalo envolvendo o Instituto para Obras da Religião (IOR), nome oficial do banco do Vaticano.

O novo órgão fiscalizador será comandado pelo cardeal australiano George Pell e terá 15 integrantes, entre eles oito cardeais ou bispos e sete especialistas laicos em assuntos financeiros de várias nacionalidades, que se reunirão periodicamente para preparar e analisar relatórios sobre as atividades econômicas da Santa Sé.

Entre as funções da Secretaria estarão a "criação de um orçamento anual para a Santa Sé e a Cidade do Vaticano, assim como o planejamento financeiro e atividades de recursos humanos. Também terá que apresentar o balanço detalhado da Santa Sé e do Vaticano.

Ainda segundo o Vaticano, a Apsa (Administração do Patrimônio da Sé Apostólica) será transformada em um banco central do Vaticano, mas a mudança por enquanto não afetará o status do IOR./ REUTERS e EFE

 
Tudo o que sabemos sobre:
Vaticanopapa Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.