AFP PHOTO / OSSERVATORE ROMANO
AFP PHOTO / OSSERVATORE ROMANO

Papa Francisco ‘cumprimenta’ labrador que ajudou a resgatar os sobreviventes do terremoto na Itália

Cão conhecido como Leo localizou uma criança de quatro anos que havia sobrevivido ao tremor e estava presa sob os escombros

O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2016 | 16h11

CIDADE DO VATICANO - O papa Francisco denunciou neste sábado, 3, o que ele chamou de pecado moderno da indiferença à fome, exploração e outros sofrimentos, em um discurso para milhares de pessoas na Praça de São Pedro, que se reuniram para enfatizar a necessidade de mais misericórdia e atenção no mundo.

O pontífice criticou aqueles que “seguem por outro caminho para não ver as várias formas de pobreza que imploram por misericórdia". No evento estavam presentes alguns voluntários que ajudaram a resgatar os sobreviventes do terremoto ocorrido no dia 24 na região central na Itália.

Dentre os visitantes estava Leo, o labrador que localizou com precisão uma criança de quatro anos que havia sobrevivido ao sismo de 6,2 graus de magnitude e estava sob uma pilha de escombros. De frente para Francisco, o cão levantou a pata, que foi apertada pelo papa em sinal de cumprimento, despertando risos dos que assistiam ao discurso.

O tremor deixou 284 mortos, mais de 300 feridos e centenas de desabrigados. / Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.