Cesare Abbate/Efe
Cesare Abbate/Efe

Papa Francisco pede resistência em Nápoles contra mafiosos

Em visita à região onde mais da metade dos jovens estão sem emprego, pontífice pediu para que eles resistam aos 'ganhos fáceis'

AE, Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 09h17

O papa Francisco disse em visita ao sul da Itália que os napolitanos devem resistir à exploração vinda da máfia. O pontífice pediu também que os cidadãos da região busquem a dignidade do trabalho honesto.

Em uma viagem de um dia a Nápoles, Francisco falou com moradores de Scampia, um bairro degradado dominado por mafiosos da Camorra, e lamentou o desemprego crônico. Em lugares como Scampia, mais da metade dos jovens estão desempregados. Muitos acabam trabalhando para o sindicato do crime com base em Nápoles, como transportadores de droga ou encarregados de extorsões.

Francisco pediu na praça principal da cidade a dezenas de milhares de pessoas que mantenham a esperança e resistam aos "ganhos fáceis ou renda desonesta" do tráfico de drogas. Ele pediu aos mafiosos e seus cúmplices que abandonem as suas formas criminosas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Itália papa máfia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.