Papa lava os pés de jovens detentos em ritual

O papa Francisco lavou os pés de uma dúzia de adolescentes presos em um centro de detenção juvenil de Roma durante um tradicional ritual católico da Quinta-Feira Santa.

AE, Agência Estado

28 de março de 2013 | 15h17

A cerimônia de lava-pés foi realizada no centro de detenção de Casal del Marmo, na capital italiana, onde 46 adolescentes estão presos atualmente.

Com isso, Francisco repete como papa o gesto de quando atuava como arcebispo de Buenos Aires e, na cerimônia de lava-pés, lavava os pés de detentos argentinos.

Muitos dos jovens ali detidos são ciganos e imigrantes do norte da África. De acordo com o Vaticano, os 12 selecionados para o ritual não precisavam necessariamente ser católicos.

Pelo fato de os detentos serem menores de idade, o Vaticano e o Ministério da Justiça da Itália limitaram o acesso ao interior do presídio.

Segundo a Rádio do Vaticano, o papa Francisco disse aos jovens detentos que Jesus Cristo lavou os pés de seus discípulos em um gesto de humildade.

"Se o Senhor lava os pés de seus discípulos, vocês também devem lavar os pés uns dos outros", disse o papa aos jovens. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Vaticanopapalava-pés

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.