Papa pede ajuda para Somália

O papa Bento XVI pediu, neste domingo, para a comunidade internacional agir com rapidez para ajudar as milhares de pessoas que estão enfrentando seca e fome na Somália e em outros países do Chifre da África. Ele classificou a situação de "catástrofe humanitária" que está "testando com força nossos irmãos e irmãs, entre eles muitas crianças."

AE, Agência Estado

17 de julho de 2011 | 09h14

Bento XVI fez seu apelo após a bênção semanal a peregrinos em sua residência de verão em Castelgandolfo, ao sul de Roma.

Agências de ajuda humanitária afirmaram que a seca no Leste da África é uma das piores em anos em termos de pessoas afetadas. Milhares de refugiados somalianos estão lotando campos na Etiópia e no Quênia em busca de alimentos, já que várias temporadas sem chuvas dizimaram os animais e acabaram com lavouras em seu país.

O papa disse que estava acompanhando a crise "com forte preocupação" e espera que a comunidade internacional se mobilize rapidamente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SomáliapapaBento XVIajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.