Papa pede Estado palestino ao presidente de Israel

O papa João Paulo II se expressou a favor da ?colaboração? entre dois Estados, ?Israel e Palestina?, e pediu livre acesso a Belém por ocasião do Natal, durante o encontro que manteve hoje com Moshe Katsav, o primeiro presidente israelense a ser recebido no Vaticano. "Sobre a dramática situação existente na Terra Santa, houve um colóquio detalhado, em que cada uma das partes expôs seu ponto de vista", explicou o porta-voz da Santa Sé, Joaquín Navarro Valls, no final do encontro. O porta-voz acrescentou que "ao ilustre convidado foi explicada novamente a posição da Santa Sé, favorável à existência e à colaboração entre dois Estados, Israel e Palestina, com a necessidade de se chegar a um rápido fim do conflito em curso". "Em particular", disse, foi dirigido a Katsav "um apelo em favor do livre acesso a Belém por ocasião das celebrações das próximas festas natalinas", indicou Navarro Valls.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.