Papa pede que Honduras busque paz e democracia

O papa Bento XVI está pedindo que o governo e o povo de Honduras busquem diálogo e reconciliação para conseguirem paz e "uma verdadeira vida democrática". Bento XVI disse que está acompanhando a situação de Honduras com "grande preocupação", depois do golpe do último dia 28 que depôs o presidente President Manuel Zelaya do poder e instalou o líder de facto Roberto Micheletti.

LUCIANA XAVIER, Agencia Estado

12 de julho de 2009 | 10h06

Na bênção deste domingo na praça São Pedro, o Papa pediu que orações para que os responsáveis em Honduras "pacientemente sigam o caminho do diálogo, entendimento mútuo e reconciliação".

Os Estados Unidos, a Organização das Nações Unidas (ONU) e outros países denunciaram o golpe e expressaram apoio a Zelaya. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PapaHonduras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.